Cientistas comprovam funcionamento de córneas biossintéticas




As córneas criadas em laboratório podem estimular os nervos rompidos e o tecido danificado a se regenerar

AGÊNCIA EFE

Um grupo de cientistas fabricou córneas biossintéticas que ajudam a recuperar a visão, como provam os casos de dez pacientes que testaram a criação, segundo um estudo publicado hoje na revista "Science Translational".

O estudo realizado por pesquisadores do Canadá e Suécia mostra que as córneas biossintéticas podem ajudar a regenerar e reparar danos do tecido ocular e melhorar a visão.

Segundo os autores do estudo, as córneas criadas em laboratório podem estimular os nervos rompidos e o tecido danificado a se regenerar, restaurando a visão no olho humano igual como fazem as córneas de doadores.

"Este estudo clínico é importante porque pela primeira vez mostra que uma córnea fabricada artificialmente pode se integrar ao olho humano e estimular a regeneração dos tecidos", disse a médica May Griffith, do Instituto de Pesquisa do Hospital de Ottawa (Canadá) e principal autora da pesquisa.

Segundo Griffith, "com mais pesquisa, isto poderia permitir a restauração da visão de milhões de pessoas que esperam um doador para um transplante de córnea".

Os autores apontam que a escassez mundial de doadores de córnea faz com que milhões de pessoas fiquem cegas a cada ano.

Os cientistas destacam que os implantes biossintéticos evitam algumas desvantagens de usar tecido humano, como a possibilidade da transmissão de uma doença do doador.

Griffith colaborou com o médico Per Fagerholm, cirurgião da universidade sueca Linköping, onde as operações foram feitas.

Fagerholm e seus colegas retiraram o tecido afetado das córneas de dez pacientes e as substituíram com implantes biossintéticos.

Os médicos seguiram a evolução dos pacientes durante dois anos após a cirurgia e observaram que as células e os nervos de nove dos 10 pacientes voltaram a crescer e envolver o olho completamente.

A visão em geral melhorou em seis dos dez pacientes operados. Com o uso de lentes de contato, todos tiveram uma visão equivalente ao transplante convencional de córnea com tecido humano. Além disso, os pacientes não experimentaram nenhuma rejeição física.

Segundo Fagerholm, novos estudos buscam estender o uso da córnea biossintética no tratamento de outras doenças nos olhos. 

3 comentários:

Victinho disse...

A medicina é mesmo fantástica, novas tecnologias à serviço do bem estar humano.
Mais uma obra de Deus através de estudiosos, que pode melhorar a vida de muita gente,
Excelente post,
Vitor.

Aclame Gospel disse...

olá já add teu link, meu blog é www.aclamegospel.com

Heitor Alves disse...

Olá Marivan.

Que bom saber que há mais um blogueiro por aqui (Recife).

Gostei da sua postagem sobre as córneas.Sou transplantado nas duas córneas. Sei muito bem como é estar com a visão comprometida. Achei uma boa notícia a reportagem que vc publicou. Vai ajudar muita gente.

Abraços.

ONDE O SEU CORAÇÃO ESTÁ BATENDO