Deputado Jean Wyllys tira de vez sua mascara, condena a Bíblia e sugere a supressão da carta do Apostolo Paulo aos Romanos.





Carta de resposta do deputado Jean Wyllys à nota publicada no JB wiki onde ele declara amor à vida, sem formas de preconceito . (12-04-2011)
Essa é minha carta aberta ao deputado onde refuto algumas de suas observações.

"Em primeiro lugar me valho dessa porque apesar do deputado afirmar:"
: “O deputado Jean Wyllys, abre espaço constante de diálogo com seus seguidores em mídias alternativas, sempre na defesa da liberdade de expressão, mesmo que aqueles com quem interage, não sejam apoiadores de suas ações”. Essa é uma informação mentirosa, eu já tentei contato duas vezes com ele, refutei com argumentos alguns pontos do PL122, fui simplesmente ignorado. Não recebi qualquer resposta dele ou de sua acessória.

“Não declarei guerra aos cristãos. Declarei meu amor à vida dos injustiçados e oprimidos e ao outro.”    (Essa afirmação é no mínimo engraçada, o cara foi eleito com pouco mais de quinze mil votos, graças à legenda do partido, e, ainda assim está se achando o defensor dos oprimidos e injustiçados? Quantos oprimidos e injustiçados o sr Jean acha que vivem no Brasil? Ou será que segundo sua mente curta e sua visão comprometida pela miopia ele considera injustiçados e oprimidos os gays? Esse é mais um demagogo na política nacional.)

Deputado:Em primeiro lugar, quero lembrar que nós vivemos em um Estado Democrático de Direito e laico. Para quem não sabe o que isso quer dizer, “Estado laico”, esclareço: O Estado, além de separado da Igreja (de qualquer igreja), não tem paixão religiosa, não se pauta nem deve se pautar por dogmas religiosos nem por interpretações fundamentalistas de textos religiosos (quaisquer textos religiosos). Num Estado Laico e Democrático de Direito, a lei maior é a Constituição Federal (e não a Bíblia, ou o Corão, ou a Torá).

(Muito obrigado sr.deputado por esclarecer a todos nós ignorantes o que é um Estado Democrático de Direito e Laico, essa sem dúvida foi uma informação preciosíssima tanto para mim quanto para os outros analfabetos que lêem as páginas desse blog.
Gostaria se o sr me permite informar-lhe o seguinte: O terceiro artigo da Constituição Brasileira garante entre outros direitos a promoção do bem de todos, “sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação”. E conforme atesta o Art. 5°, “todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza”. O artigo supracitado testifica ainda a inviolabilidade da liberdade de consciência e de crença, ou de convicção filosófica ou política, conforme expressa os parágrafos VI e VIII.
Sendo assim, todos estão amparados pela lei. Quer sejam brancos, pardos, amarelos, vermelhos, negros, índios, mamelucos e etc. Quer sejam homens, mulheres, heterossexuais, homossexuais, crianças, adolescentes, adultos ou idosos. Macumbeiros, espíritas, evangélicos, católicos ou ateus. Todos possuem plenas garantias de seus direitos, e de forma igualitária.
No entanto, os homossexuais exigem do governo para si, uma lei especial que puna o crime de discriminação aos mesmos. E, atendendo as exigências do grupo liderado pelo sr Jean eis que surge no cenário da política brasileira o PL 122/2006.

Ainda afirma o “jesus cristo” dos gays:
Deputado:Logo, eu, (15.000 votos, e já esta se achando), como representante eleito deste Estado Laico e Democrático de Direito, não me pauto pelo que diz A Carta de Paulo aos Romanos(sua repulsa se mostra particular a carta de Paulo aos Romanos exatamente porque deputado?Vou ser mais específico e colocar aqui o que te incomoda tanto: “Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
“E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro”. Romanos 1:25 a 27
O texto expõe suas entranhas e a dos defensores da prática do sexo homossexual. Eis a razão de seu ódio contra a Igreja e a Bíblia.
 Porque afirma ser pecado aquilo que V. Ex.ª chama de amor sem preconceito? Talvez V. Ex.ª prefira dar crédito as palavras de vosso representante maior, o sr Luiz Mott que afirma já ter tido relações sexuais com mais de quinhentos homens? Seria esse mesmo direito que o sr almeja ver garantido por uma lei, o direito a devassidão sem que ninguém  possa criticar tais condutas? Porque Paulo o incomoda tanto sr deputado?

Deputado:... mas sim pela Carta Magna, ou seja, pelo que está na Constituição Federal. E esta deixa claro, já no Artigo 1º, que um dos fundamentos da República Federativa do Brasil é a dignidade da pessoa humana e em seu artigo 3º coloca como objetivos fundamentais a construção de uma sociedade livre, justa e solidária e a promoção do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação. A república Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos princípios da prevalência dos Direitos Humanos e repúdio ao terrorismo e ao racismo.
(Se o sr fosse um homem (sem trocadilho) verdadeiro no que diz estaria então empenhado em defender a Constituição Federal , uma vez que ela já prevê a defesa dos direitos alencados aqui pelo sr, e, não usaria seu mandato em benefício de um grupo especifico.)

Deputado:Sendo a defesa da Dignidade Humana um princípio soberano da Constituição Federal e norte de todo ordenamento jurídico Brasileiro, ela deve ser tutelada pelo Estado e servir de limite à liberdade de expressão.
(Veja deputado como nas entrelinhas o sr trai seu próprio discurso, limite a liberdade de expressão? Foi exatamente isso que acabamos de ler? O defensor dos fracos e oprimidos querendo cercear a liberdade de alguém se expressar? Que democracia é essa que V. Ex.ª defende afinal? Francamente, V. Ex.ª é uma farsa e quem revisa seus discursos dessa vez “dormiu de touca” eim deputado.)  

Deputado:... Ou seja, o limite da liberdade de expressão de quem quer que seja é a dignidade da pessoa humana do outro. O que fanáticos e fundamentalistas religiosos mais têm feito nos últimos anos é violar a dignidade humana de homossexuais.
(Vocês e suas paradas gays violam a dignidade das famílias brasileiras, de que dignidade afinal V. Ex.ª esta falando? E o pior, as paradas gays são financiadas com dinheiro público, dinheiro de impostos pagos por todos os brasileiros, que sequer foram consultados se desejam ver os recursos do erário público escorrer pelos bueiros da Av. paulista e em outros lugares onde essa vergonha nacional acontece.)
Deputado:Seus discursos de ódio têm servido de pano de fundo para brutais assassinatos de homossexuais, numa proporção assustadora de 200 por ano, (quantas crianças morrem de fome no Brasil
(V. Ex.ª? O sr.saberia me dizer? Quantas pessoas morrem em conflitos agrários V. Ex.ª?Quantos nordestinos labutam sem qualquer direito só na capital do estado de São Paulo V. Ex.ª? Quantos jovens e adolescentes são assassinados nas periferias das grandes cidades todos os dias sem que V. Ex.ª diga qualquer palavra a respeito? Quantos negros foram e são discriminados todos os dias no Brasil vossa V. Ex.ª? E V. Ex.ª continua com esse discurso fraco e demagogo, como se tais problemas fossem uma particularidade, sua bandeira é fraca e uma farsa, é um discurso barato de quem já está pensando nas próximas eleições, afinal, todos sabemos que a boquinha aí é muito boa, não é verdade V. Ex.ª)?   
Deputado:...segundo dados levantados pelo Grupo Gay da Bahia e da Anistia Internacional. Incitar o ódio contra os homossexuais faz, do incitador, um cúmplice dos brutais assassinatos de gays e lésbicas, como o que ocorreu recentemente em Goiânia, em que a adolescente Adriele Camacho de Almeida, 16 anos, que, segundo a mídia, foi brutalmente assassinada por parentes de sua namorada pelo fato de ser lésbica. Ou como o que ocorreu no Rio de Janeiro, em que o adolescente Alexandre Ivo, que foi enforcado, torturado e morto aos 14 anos por ser afeminado.
O PLC 122 , apesar de toda campanha para deturpá-lo junto à opinião pública, é um projeto que busca assegurar para os homossexuais os direitos à dignidade humana e à vida. O PLC 122 não atenta contra a liberdade de expressão de quem quer que seja, (mais uma vez V. Ex.ª mente, o PL122 fere a constituição, assegura direitos que nenhum outro cidadão brasileiro tem, sua madrinha e rainha dos gays deixou claro isso em sua última manobra, onde mudou o texto dizendo que dentro dos templos, só dentro dos templos, os religiosos poderão manifestar suas opiniões em relação a homossexualidade
Fico em um dilema quando leio essas afirmações de V. Ex.ª, não sei se o sr. é burro demais ou acha que o resto da população brasileira é, se vossa V. Ex.ª é um analfabeto ou pensa que somos. O texto do PL122 cria uma casta com privilégios que nem mesmo o presidente de uma nação tem). 
Deputado:...apenas assegura a dignidade da pessoa humana de homossexuais, o que necessariamente põe limite aos abusos de liberdade de expressão que fanáticos e fundamentalistas vêm praticando em sua cruzada contra LGBTs.
(Esse seu discurso é ridículo, V. Ex.ª deveria se envergonhar de tornar público uma acusação estapafúrdia e mentirosa como essa. V. Ex.ª  é que esta em uma cruzada particular contra os cristão e contra a igreja de Cristo, apoiado por falsos democratas que sempre almejaram perseguir a Igreja e vêem na causa dos homossexuais um pretexto para tal.)   
Deputado:...Pergunta-se o que fazer com a Carta de Paulo aos Romanos que diz que o “homossexualismo é uma aberração” [sic] e eu respondo que deve-se fazer o mesmo que se faz com os trechos da Bíblia em apologia à escravidão e à venda de pessoas (Levítico 25:44-46 – “E, quanto a teu escravo ou a tua escrava que tiveres, serão das gentes que estão ao redor de vós; deles comprareis escravos e escravas…”), e apedrejamento de mulheres adúlteras (Levítico 20:27 – “O homem ou mulher que consultar os mortos ou for feiticeiro, certamente será morto. Serão apedrejados, e o seu sangue será sobre eles…”) e violência em geral (Deuteronômio 20:13:14 – “E o SENHOR, teu Deus, a dará na tua mão; e todo varão que houver nela passarás ao fio da espada, salvo as mulheres, e as crianças, e os animais; e tudo o que houver na cidade, todo o seu despojo, tomarás para ti; e comerás o despojo dos teus inimigos, que te deu o SENHOR, teu Deus…”).


(V. Ex.ª agora quer julgar a Bíblia, sua pretensão beira mesmo a insanidade. O que V. Ex.ª deseja fazer com ela? Vamos começar retirando a carta de Paulo aos Romanos, V. Ex.ª já deixou claro que ela atrapalha suas noites de sono, deve ser mesmo difícil viver na prática do pecado, defender o pecado e depois conseguir dormir. Vamos retirar também os textos que condenam as religiões das quais V. Ex.ª agora também se tornou defensor. Vamos fazer melhor, vamos destruir todas as Bíblias do mundo, assim como outros antes já intentaram fazer. Afinal, V. Ex.ª agora deixou muito claro o motivo do seu ódio e a real intenção de V. Ex.ª e de seus comparsas comunistas que ensejam por um motivo para perseguir a Igreja)
Deputado:... A leitura da Bíblia deve ensejar uma religiosidade sadia e tolerante, livre de fundamentalismos. Ou seja, se não pratica a escravidão e o assassinato de adúlteras como recomenda a Bíblia, então não tem por que perseguir e ofender os homossexuais só por que há nela um trecho que os fundamentalistas interpretam como aval para sua homofobia odiosa.
Não declarei guerra aos cristãos.
( V. Ex.ª se contradiz a todo instante, não existe quaisquer possibilidade de se declarar guerra a Bíblia sem que com isso se declare guerra aos Cristãos, novamente V. Ex.ª me deixa confuso quanto a sua sanidade.)
Deputado:... Declarei meu amor à vida dos injustiçados e oprimidos e ao outro. Se essa postura é interpretada como declaração de guerra aos cristãos, eu já não sei mais o que é o cristianismo. O cristianismo no qual fui formado – e do qual minha mãe, irmãos e muitos amigos fazem parte – valoriza a vida humana, prega o respeito aos diferentes e se dedica à proteção dos fracos e oprimidos. “Eu vim para que TODOS tenham vida; que TODOS tenham vida plenamente”, disse Jesus de Nazaré.
 (V. Ex.ª só gosta dos textos que lhe amenizam a dor na consciência. O mesmo Jesus que V. Ex.ª sita disse: “Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir”.Mateus 5:17

Deputado:...Não, eu não persigo cristãos. Essa é a injúria mais odiosa que se pode fazer em relação à minha atuação parlamentar. (mais uma vez é confusa as afirmações de V. Ex.ª)
Mas os fundamentalistas e fanáticos cristãos vêm perseguindo sistematicamente os adeptos da Umbanda e do Candomblé, inclusive com invasões de terreiros e violências físicas contra lalorixás e babalorixás como denunciaram várias matérias de jornais: é o caso do ataque, por quatro integrantes de uma igreja evangélica, a um centro de Umbanda no Catete, no Rio de Janeiro; ou o de Bernadete Souza Ferreira dos Santos, Ialorixá e líder comunitária, que foi alvo de tortura, em Ilhéus, ao ser arrastada pelo cabelo e colocada em cima de um formigueiro por policiais evangélicos que pretendiam “exorcizá-la” do “demônio”.

Deputado:...O que se tem a dizer? Ou será que a liberdade de crença é um direito só dos cristãos?
Talvez não se saiba, mas quem garantiu, na Constituição Federal, o direito à liberdade de crença foi um ateu Obá de Xangô do Ilê Axé Opô Aforjá: 
(Um ateu o que V. Ex.ª? Perdoe-me a ignorância, Jorge Amado foi um comunista que só queria ver assegurado os direitos das religiões afros com grande influencia em sua terra, e, infelizmente não tinha como fazê-lo sem que prestigia-se todas as religiões. E, pelo que me consta ele foi um de centenas de defensores e não o único. Que tal V. Ex.ª escrever alguma coisas quanto ao sacrifício de animais e até de crianças que tais religiões praticam? E da violação de túmulos? Esse também é fato que vez por outra também aparece nas manchetes dos jornais, 
Deputado:...Jorge Amado. Entretanto, fundamentalistas cristãos querem fazer uso dessa liberdade para perseguir religiões minoritárias e ateus.
Repito: eu não declarei guerra aos cristãos. Coloco-me contra o fanatismo e o fundamentalismo religioso – fanatismo que está presente inclusive na carta deixada pelo assassino das 12 crianças em Realengo, no Rio de Janeiro.
Reitero que não vou deixar que inimigos do Estado Democrático de Direito tente destruir minha imagem com injúrias como as que fazem parte da matéria enviada para o Jornal do Brasil. Trata-se de uma ação orquestrada para me impedir de contribuir para uma sociedade justa e solidária. Reitero que injúria e difamação são crimes previstos no Código Penal.
(Fala em direitos e em seguida destila ameaças, papel típico de quem quer se impor pela força, se acha no direito de escrever o que bem entende, se acha no direito de discutir até com a Bíblia, mas, não quer ser contrariado, V. Ex.ª é mesmo uma farsa.)
Deputado:...Eu declaro amor à vida, ao bem de todos sem preconceito de cor, raça, sexo, idade e quaisquer outras formas de preconceito. Essa é a minha missão.
Jean Wyllys (Deputado Federal pelo PSOL Rio de Janeiro)

Fonte: Blog A Pedra - Pr. Anselmo Melo

3 comentários:

Haroldo Azevedo disse...

O mundo esta em transgressão da lei de Deus portanto defender o comportamento homossexual é natural para eles, e aquilo que eles aprovam é para própria perdição deles. São os sábios segundo o mundo os quais buscam agradar o povo com suas palavras vãs e sem sentido espiritual. Pobres e miseráveis sem conhecimento de Deus.

Josiane disse...

josiane de araujo

Jesus e perfeito jamais faria uma coisa imperfieta,ele fez o homem para a mulher e amulher para o homem,mas Jesus não obriga ninguém a nada...você acha que jesus se alegre em ver dois homens fazendo sexo,ou duas mulheres NÃO... ele chora e chora muito .

JCavalheiro disse...

Não tem como acharmos como coisa de somenos importância acatarmos pacificamente idéias estapafúrdias como estas dos LGBTS, o malfadado PL/122/2006. Os militantes destes chamados direitos das minorias fazem uso dos mesmos estratagemas que fizeram os comunistas em certos países e em outros os ditadores: Aproveitam-se da democracia para alcançar seus objetivos e que uma vez alcançados voltam-se contra a mesma democracia que lhes assegurou os referidos direitos e destroem-na. Precisamos desmascarar esses chamados militantes de "direitos". Certo é que não é uma tarefa fácil, uma vez e que a chamada grande imprensa parece estar a seu serviço.

Ass...
João Q.Cavalheiro
www.aramasi.blogspot.com

ONDE O SEU CORAÇÃO ESTÁ BATENDO